quarta-feira, 23 de maio de 2012

[Vídeo] A ciência pode explicar tudo?

Loop Neo Ateu - Cientificismo


Este post é uma objeção ao cientificismo, que é a doutrina de que a ciência deve ser a única maneira válida de encontrar a realidade das coisas. Há uma tendência atual muito forte de aderir ao cientificismo, principalmente por parte dos neo-ateus.

O vídeo é um pequeno trecho do famoso debate entre William Craig e Peter Atkins (que já foi postado aqui), que traz algumas ilustrações sobre o assunto.

Gostaria de ressaltar que, mesmo para mim, é uma pena ver alguém como Peter Atkins defender este tipo de pensamento (e ser tão humilhado como foi neste debate). Peter Atkins é um cientista muito respeitado, inclusive por mim, que pretendo seguir a mesma área que ele, a físico-química. Entretanto, ele aparentemente ignora conhecimentos básicos de filosofia, que eu julgo necessários para todo aquele que é ou deseja ser um cientista.

Veja o vídeo aqui:


Transcrição do vídeo:


Craig: Ok, mas eu acho que você pode provar que não há Deus.

Atkins: Não matematicamente...

Craig: Bem, quais são seus argumentos?

Atkins: Não é uma prova matemática, eu não posso dar uma prova matemática...

Craig: Dê qualquer tipo de argumento.

Atkins: OK, aqui está um tipo de argumento: Tudo que a religião afirma que Deus pode fazer pode ser explicado pela ciência. Então, aí está um ramo do argumento. Então, não há necessidade de um Deus, porque a ciência pode explicar tudo.

No outro lado do argumento, estão as razões pelas quais as pessoas acreditam em Deus. É um senso de estar sozinho, um senso de perplexidade, um senso de pressionar as pessoas por poder - a pior das razões. É simplesmente um senso de perplexidade, um senso de estar sozinho. Você conhece esses sentimentos bem melhor do que, porque obviamente acredita, mas, mas... reunindo as razões porque as pessoas acreditam, desesperadas para crer, junto com o fato de que você não precisa realmente de um Deus, de certa forma, acumula-se como um argumento contra a existência de Deus.

Craig: Eu não vejo dessa forma. Como isso não comete a falácia genética de tentar dizer, explicando como uma crença foi originada, você, desta forma, prova que a crença é falsa? Mesmo ue fosse verdade que a crença na existência de Deus seja o produto de medo, ansiedade e assim por diante (o que eu não admito), isto é simplesmente uma falácia genética: dizer que, porque é assim que a crença se originou, que a crença é, portanto, falsa.

Atkins: Mas isso é apenas metade do argumento, não estou dizendo que só isso é adequado, não estou dizendo que o fato de que a ciência pode explicar tudo, só isso é adequado. Somando-se o fato de que a ciência é onipotente e o fato de que eu entendo porque pessoas como você desesperadamente querem crer em Deus, isso é um argumento contra a existência de Deus. 

Craig: Mas dois argumentos falaciosos somados não formam um argumento sólido, certo?

Atkins: Mas duas pernas são um suporte...

Craig: Sim, mas as pernas precisam ser sólidas...

Atkins: Mas essas são sólidas! Eu estou argumentando que não há necessidade...

Craig: O primeiro argumento, apenas... se fosse aceitável (e eu não aceito as premissas), mas o primeiro argumento apenas prova que não é necessário acreditar em Deus a fim de explicar certas coisas. Isso não prova que Deus não existe.

O segundo argumento comete a falácia genética ao dizer que, porque você pode explicar como as pessoas passam a crer em Deus, logo Deus não existe. Nenhum deles leva à conclusão de que Deus não existe.

Atkins: Eu não prometi uma prova matemática...

Craig: Não, não! Eles precisam ser válidos!

Atkins: Eles são válidos no sentido de que não há a necessidade de um Deus.Tudo no mundo pode ser entendido sem precisarmos invocarum Deus. Você precisa aceitar que essa é uma possível visão a se tomar sobe o mundo.

Craig: Claro que é possível, mas...

Atkins: Você nega que a ciência pode explicar tudo?

Craig: Sim, eu nego.

Atkins: Então, o que ela não explica?

Craig: Bem, já que você trouxe isso a debate, eu tenho vários exemplos para dar.Eu penso que há muitas coisas que não podem ser pŕovadas cientificamente, mas que somos todos racionais para aceitar. Deixe-me listar cinco: 

(1) Verdades lógicas e matemáticas não podem ser provadas pela ciência. A ciência pressupõe a lógica e matemática, então tentar prová-las pela ciência seria argumentar em círculos.

(2) Verdades metafísicas, como: há outras mentes além da minha, ou que o mundo externo é real, ou que o passado não foi criado há 5 minutos e tudo apenas aparenta ser velho, são crenças racionais que não podem ser provadas cientificamente.

(3) Crenças éticas sobre declarações de valor não são acessíveis pelo método científico. Você não pode mostrar, pela ciência, se os nazistas nos campos fizeram algo mau em contraste com os cientistas das democracias ocidentais.

(4) Julgamentos estéticos, não podem ser avaliados pelo método científico, pois o belo, assim como o bom, não pode ser provado cientificamente.

(5) Finalmente, o mais notável seria a própria ciência. A ciência não pode ser justificada pelo método científico. A ciência é permeada por suposições que não podem ser provadas. por exemplo, a teoria especial da relatividade. A teoria toda depende da suposição de que a velocidade da luz é constante entre quaisquer pontos A e B, mas isso estritamente não pode ser provado. Nós apenas temos que supor isso para manter a teoria.

Narrador do debate: Ponha isso no seu cachimbo e fume!

Atkins (visivelmente atordoado) : Sim, mas... mas...

Craig: Então, nenhuma destas crenças pode ser provada cientificamente, porém são aceitas por todos nós e somos racionais em fazê-lo.

Abraços, Paz de Cristo.

15 comentários :

  1. Atkins nao soube onde colocar a cabeça apos esse ataque. O que mostra que alguns ateus ou ceticos nao sabem onde estao se metendo. Sou ex-cristao,ateu, cetico, nao tenho formaçao academica, mas pelo fato de nao ver uma resposta por parte de atkins resolvi tentar responder. Eis os 5 pontos citados por craig (a proposito sou grande fã da argumentação teista por parte de craig) e depois a explicação

    O que a ciencia nao pode provar:

    verdades logicas e matematicas: a ciencia pressupoe logica e a matematica

    verdades metafisicas

    Crenças éticas sobre declarações de valor não são acessíveis pelo método científico

    julgamentos estéticos

    a ciencia nao pode ser justificada pelo metodo cientifico

    vejo isso como justificativa pra mostrar que pelo fato da ciencia nao conseguir
    mostrar esses argumentos(com evidencias), alguns são aceitos como verdades no
    mundo academico, um exemplo a teoria da relatividade proposta
    por einstein jogada por craig contra atikins em cima dos 5 argumentos apontados acima,
    pra pressupor que pelo fato da ciencia nao conseguir mostrar esses argumentos como
    verdadeiros (mostrando evidencias), em outras palavras craig esta dizendo pelo fato da ciencia nao conseguir comprovar os 5 argumentos acima, ela (a ciencia)nao pode comprovar a existencia ou nao existencia dee deus. Mas veja bem nem mesmo craig consegui provar com evidencias
    a existencia de deus (isso é muito importante) e pra conseguir mostrar
    que possivelmente deus existe ele utiliza os mesmos argumentos que a ciencia utiliza em cima
    dos 5 arguemntos apontados acima para tomar algo como verdade(um exemplo craig vs austin dacey).
    Muito importante notar que em nenhum ponto craig diz,que a ciencia ainda poderia expliar em um futuro proximo , ele toma por pressuposto que a ciencia nao pode demonstrar com evidencia se é verdade ou não, simplismente aceita ser verdade, logo a ciencia nao pode dar evidencias dos pontos citados acima como verdadeiros, em outras palavras na visao de craig a ciencia nao pode e nao deve ser utilizada com 100% de certeza, principalmente quando se fala sobre deus,ele aceita o metodo cientifico em determinados assuntos mas o nega como prova para demonstrar que deus não existe ou que provavelmente nao existe.
    De fato ele esta invalidando a ciencia e o metodo cientifico, pelo fato
    dela nao conseguir provar ou dar evidencias de tais arguemntos. Queria saber os outros arguemntos
    não apenas esses 5, como ele deu como exemplo!

    ResponderExcluir
  2. aproveitando o ensejo, gostaria de deixar alguns pontos importantes sobre a visão do universo e deus.

    Um ponto muito importante utilizado é o argumento que diz que deus atua de forma externa
    no universo o que pra mim é outra desculpa, em outras palavras imagine um copo e esse copo
    e tudo o que esta dentro dele seja o universo, entao alguem que segure esse copo seria alguem
    atuando no exterior do mesmo.

    Pra pressupor tal ideia, ou existem muitos universos ou existe o universo que podemos entender,
    nesse caso seria visto como parte do universo, sendo que a pessoa que segure o copo estaria
    em todo o universo. MAs isso nao explica o que quer dizer exterior no universo, simplismente diz
    que quem segura o copo esta alem da compreensão de quem esta dentro do copo!
    Agora imagine que essa pessoa segure o copo dentro de uma casa, entao a casa seria exterior a
    pessoa que segura o copo, agora imagine essa casa em um condominio com varias outras casas,
    Analisando essa visao de exterior, podemos deduzir rapidamente que existem diversos universos
    acima da compreensao por parte de quem segura o copo e de quem esta dentro do copo
    e que nesses universos ainda existem agentes exteriores a ele, o q torna o universo infinito,
    mas ao mesmo tempo esse argumento mostra algo chocante
    o argumento demonstra a possibilidade de haver diversos agentes exteriores ao copo, Ou seja
    dizer que deus é exterior ao que conhecemos como universo é o mesmo que dizer, que existem
    outros deuses no universo, pois pelo que conhecemos como infinito nem deus saberia o fim do universo
    pois se ele souber o fim do universo isso quer dizer que algo reage ao exterior do que
    ele conhece, e a bola de neve iria apenas aumentar.

    Esse é um dos arguemntos utilizados por craig em um de seus debates. Dizer que deus é exterior a algo é novamente outro arguemnto sem finalidade, que
    atraves dele nao se prova nada, apenas complica a visao e o entendimento do que
    conhecemos como universo. Outro ponto que vc pode levar em consideração
    usando o raciocineo acima é que deus tem que agir em todo o universo, o que torna isso
    impossivel ate mesmo pra ele, pelo fato de que o universo é inifnito entao deus tem que
    ser inifnito pra poder acompanhar o universo , o que evidencia que
    deus é o universo ou deus faz parte do universo. Se ele faz parte do universo, ele
    provavelmente foi criado pelo mesmo universo, pois pelo que entendemos de universo ele
    sempre esteve aqui, das duas uma ou deus é o universo ou foi criado pelo universo,
    mas veja nenhum dos argumentos prova a existencia de deus mas prova a existencia
    do universo, interessante nao? É muito simples deduzir pelo fato do universo ser
    infinito é provavel existir seres com inteligente superior a nossa ou tambem seres
    inferiores a nós, mas não tempos provas disso, apenas deduzimos se o que aconteceu conosco
    na terra pode acontecer com outros em outras galaxias ja que o universo é infinito.

    Quando se pensa em universo vai muito alem da existencia ou nao de deus, porque se
    deus fez a vida na terra ele tambem tem q ter feito em outros lugares, mas mesmo
    com esse pensamento é facil chegar a conclusao de que o universo é infinito e sempre existiu,
    quando se pensa em universo o que pensamos com frequencia passa a nao ter grande valor,
    perguntar "de onde viemos" para o universo é irrelevante pois o universo sempre esteve presente,
    para o universo se estamos vivos ou nao não faz diferença, somos apenas um grao de area na praia,
    Se deus existe ou nao é irrelevante comparado ao universo,não faz diferença para o universo,
    faz diferenças para nos humanos saber e desvendar tais coisas sobre o universo, mas para o
    universo nosso conhecimento é irrelevante, o universo segue suas leis e o que nós fazemos
    para auemntar nosso conhecimento é entender essas leis, entendendo essas leis podemos
    ter uma melhor ideia de onde viemos, qual o significado de estarmos aqui.

    Foi um prazer dividir tais ideias com vcs!!! Abraço!





    ResponderExcluir
  3. Deixo perguntar se houver um debate humanidade vs religiao quem teria vantagem?^

    ResponderExcluir
  4. A era da religiao dominar ja passou, hoje quem domina é a humanidade e nao ha deus acima da humanidade, e sim um respeito pelas religioes e nao-religioes , isso faz parte da humanidade. Ja foi o tempo da escuridao de seguir dogmas e ensinos religiosos, não existe moral acima da moral que nós desejamos, sempre fomos capazes de seguirmos nosso caminho, e precisamos de respostas q nao sejam as mesmas de sempre.

    Humanidade abraça todos e nao se preocupa com o que vc acredita ou o que deixa de acreditar, ela segue em frente, ela muda conforme as necessidades humandas e nao por um deus qualquer. Ela busca paz e não se satisfaz com a guerra de nenhum tipo, a nao ser pela liberdade , direitos iguais para todos, um melhor sistema para o ser humano. Respeita todos, gays, lesbicas, simpatizantes, crentes, nao crentes, busca fazer o bem mesmo existindo o mal. Puni o que chamamos de mal, sendo que o bem é algo que todos querem para todos.

    Honestamente um debate entre humanidade vs religiao, acredito q religiao estaria na desvantagem. Igualmente ciencia vs religiao. e nao evolução vs criacionismo ou ateu vs teistas. Seria muito tinteressante de ver!

    ResponderExcluir
  5. Os cientistas dizem que não se pode provar Deus pela ciência, mas procuram provas cientificas para negá-lo. Craig não está afirmando que a ciência não pode provar Deus, aliás , se reperarmos bem, as colocações de Craig nada tem haver com a existência de Deus em si.

    Sobre o universo ser "infinito", isso não significa que ele seja eterno, mas sim pela limitação da própria ciência no que diz respeito ao tamanho.
    Não há nada de incoerência em um ser infinito (Deus) com um suposto universo infinito, veja pq.

    1- Deus é infinito, e imaterial

    2- O unverso é "infinito", e material

    3- Logo,Deus é completamente distinto do cosmos.

    Porém, quando o ateu toma o universo como sendo infinito no sentido de eterno, defende um ponto de vista completamente irracional, veja pq:

    UMA SÉRIE DE EVENTOS NO TEMPO NÃO PODE SER REALMENTE INFINITA.

    Se o universo não começou a existir num tempo finito do passado, o momento presente nunca teria chegado,mas é óbvio que ele chegou.
    Logo, o universo é por si só finito no passado e começou a existir.

    Na singularidade, espaço e temo vieram a existir, literalmente nada existia antes da singularidade. Já que o universo se originou nessa singularidade, temos realmente uma criação EX NIHILO.

    O PROBLEMA COM O MODELO ESTÁVEL

    Um dos problemas com essa teoria está no fato de que uma contagem de galáxias que emitem ondas de rádio indica que antigamente havia mais fontes de rádio do que há hoje, por isso, o universo não está em um estado estável, sem contar a sua expansão.

    O PROBLEMA COM O MODELO DA OSCILAÇÃO

    O primeiro problema é que ele contradiz as leis da fisica, ou seja, somente um milagre para ocorrer tal evento, não existe nada na física que favoreça o ressalto do unverso. Além do mais,isso não resolveria o problema do inicio do universo, pois:

    1- A atual uniformidade da distribuição da matéria simplismente não pode ser explicada recorrendo a modelos em que o universo começa com a matéria distribuida desigualmente

    2- o universo não pode ter um passado infinito, ou ser infinito, pois caso o fosse, não existiria o presente

    3- Logo, tendo um inicio, o prórprio modelo
    da oscilação não pode explicar eventos passado infinitos

    Sobre a questão:

    NÃO HÁ DEUS ACIMA DA HUMANIDADE

    Isso é um sério problema não só para vc, mas para todo ateu. Entenda pq:

    Se a humanidade domina sobre a religião, como vc disse:

    "Ela busca paz e não se satisfaz com a guerra de nenhum tipo, a nao ser pela" liberdade , direitos iguais para todos, um melhor sistema para o ser humano. Respeita todos, gays, lesbicas, simpatizantes, crentes, nao crentes, busca fazer o bem mesmo existindo o mal. Puni o que chamamos de mal, sendo que
    "o bem é algo que todos querem para todos."

    Então, como vc pode falar de qualquer padrão moral sendo fruto de um aborto do universo? Ou sendo fruto de qualquer propósito? Veja o quão incoerente vc está sendo. Propondo moralidade em universo onde não existe Deus ou moralidade objetiva. Isso só mostra que a crença e Deus nunca poderá perder o seu lugar no humanismo, pois sem ela, até mesmo o humanismo não faz o menor sentido.

    Um grande abraço.






    No mais, tendo incio o universo, somente Deus passa a ser um ser necessário, fazendo do universo algo totalmente dependente dele. O que faz de Deus distinto do universo. E como não pode haver uma regerssão infinita, tbm não pode existir vários deuses, mas apenas uma causa ( um Deus ).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelos comentários, Gabriel, e por responder por mim, Emmanuel.

      Abraços e Paz de Cristo a vocês.

      Excluir
    2. Ok emanuel obrigado pelo seu comentario, realmente gostei muito!

      Em nenhum momento esses argumentos "provam a existencia de deus", ou provam "que o universo é infinito ou finito", na vdd nenhum deles são suficientes para a existencia de um ser transcedental.

      "Então, como vc pode falar de qualquer padrão moral sendo fruto de um aborto do universo? Ou sendo fruto de qualquer propósito? Veja o quão incoerente vc está sendo. Propondo moralidade em universo onde não existe Deus ou moralidade objetiva. Isso só mostra que a crença e Deus nunca poderá perder o seu lugar no humanismo, pois sem ela, até mesmo o humanismo não faz o menor sentido."

      Tire deus da equação, onde esta a moral? ela nunca existiria em um mundo sem deus, em um mundo onde as pessoas seriam um aborto do universo como vc diz? Não estou dizendo que o ateismo é o melhor caminho ou que o teismo é o caminho correto, a argumentação usada para a existencia de deus, não prova q deus exista. Ha uma grande diferença em se ver o universo e tentar provar que tudo isso veio por intermedio de alguem, pois tambem não faria muito sentido, ja q nao tem como saber. Se vc me disser um jeito, me desse algo, que provasse a existencia de deus, algo que mostrasse essa verdade que vcs tnto alegam ter, seria muito simples acreditar na existencia desse ser, mas me desculpem mesmo q queiram nao tem, simples assim!

      Mas vc esta certo, e concordo com vc no ponto em que o humanismo nao viveria sem religiao, mas da mesma maneira poderia viver sem. E como vc pode ver tanto o ateismo como o teismo estao dentro dessa ideia, o conhecimento e a ciencia, tambem estao dentro dela.

      Não existe uma maneira de mostrar deus, nem mesmo de entender qual sua moralidade, nem mesmo entender os seus objetivos, mesmo que digam que é "possivel" por causa da biblia.Na aposta de pascal, se deus existir, aqueles que acreditam nele nao perderiam nada. De fato a ciencia ainda esta no inicio de sua jornada, só porque ela nao explica certas isso nao quer dizer que o lado oposto possa ser verdadeiro, comparado com o que ainda podera ser descoerto.

      MAs os argumentos usados para a existencia de deus, são poucas provas e muita falacia.

      Pensamentos: Duas teorias e suas compatibilidades

      Uma delas é assustadora e incrivel

      Big band: Grande explosão, universo surgindo do nada e pra nada.
      Criacionista: Deus criando o universo, mas de onde? de onde ele tirou a matéria? de q lugar? mesmo q deus tenha criado o universo ele teria que o fazer do nada. É a unica explicação da mesma forma que a teoria anterior.

      Ambas as teorias começam por ae! E antes disso era o q? o que havia? Deus vagando por trilhoes de anos, ate q teve a ideia brilhandte de criar o universo? pra que? oberservar-nos viver, crescer, conhecer e morrer?
      NEm mesmo o universo que conhecemos prova a existencia de tal ser, e dizer que exsite por causa das coisas que existem, isso nao faz sentido.

      Excluir
  6. Dizer q o inicio do universo não prova a existênca de um ser transcedental é incoerência.Na verdade, onde se apoia o naturalismo da ciência para uma causa natural do cosmos e toda forma de vida, já que o natural passou a existir em um determinado momento, por essa e outras razões o ateísmo é por si só insuficiente para explicar a origem de tudo.Se vc admite que não se pode saber que o universo veio de "alguém", então seu ateísmo fracassa,pois a sua afirmação de que Deus não existe passa a ser duvidosa,e tende a ir em direção ao agnosticismo, e não o contrário.

    Porém,e natureza não pode por si mesma estabelecer equações para nenhum tipo de resultado, e nem mesmo ser a causa de tudo,já que a natureza é simplismente uma reação de uma ação.

    A "ciência" natural é na verdade o que chamo de naturalismo das lacunas,onde nada pode ser explicado de forma natural, e mesmo assim, os cientistas com sua enorme fé cega, procuram uma causa natural para aquilo que não existe.

    Matéria,Átomos,células não podem nos fornecer padrões de moralidade,e apesar das escrituras nos dizer que somos feitos imagem e semelhança de Deus, a moralidade e nossos deveres morais são observáveis fora dela. Não preciso da biblia para saber o que é certo ou errado em termos morais,aliás, se fosse assim, nem mesmo o ateu poderia ser um ser moral, o que não é verdade.

    O que está na questão é, se somos frutos da natureza,padrões morais não podem ser explicados pela ciência natural, nem mesmo os relativos,isso pq dizer que nossa moralidade evoluiu de nossos antepassados primatas não melhora em nada as evidências, pois não há moralidade na máteria.

    No mais, perguntar de onde Deus tirou a matéria para criar o universo e tudo que nele existe, achando q isso não faz sentido, então o naturalismo faz menos ainda,pois o universo tbm não existia, e de onde veio esta matéria, ou me dê uma explicação natural para esse fenômeno?Veja que são duas explicações distintas.Enquanto o ateismo afirma que a matéria veio do nada,o teismo afirma que tal veio de Deus, e não do nada, ainda que ele a tenha criado do nada,isso não faz do big bang uma teoria do nada, mas sim fazer do nada algo.

    O ateismo fica numa situação cômoda por alegar que tudo no universo não faz o menor sentido,porém,o ateísmo não provar que nada realmente faz sentido nesse universo.Dizer que não faz sentido existir,é o mesmo que dizer que não há necessidade da existência do universo.Porém, se para minha existência eu preciso da existência do universo, isso por si só já não é ao acaso, mas sim um plano que faz sentido, o que torna não somente o cosmos,mas toda forma de vida um propósito designado e que mais uma vez destrói todos os argumentos naturalistas.

    ResponderExcluir
  7. Religião se tivesse que escolher, com certeza nao seria ocidental, como vi aqui que muitos são bem informados, Por favor pesquise a sua religiao mas a fundo, como na ciencia, que aqui mesmo ta escrito que não se prova com metodo cientifico, tente enxergar sua religião, nao pelo metodo religioso e sim pela sua historia, diga a religiao evoluiu por que elá foi programada para evoluir ou por que evoluímos como sociedade e cultura, quanto sangue foi derramado por causa dessa palavra religião. Se Deus existe? Sim mas é claro, como isso tudo estaria existindo. Creio que ele nao tenha a minima ideia do que fez e criou, creio que nao tenha consciencia, se tivesse como explicar sua propria existencia ou sua propria criaçao, quem criou Deus? Outro Deus? Se puderem pesquise (LHC, Colisor de Hadrons, Boson de Higs) A pouco tempo, muito pouco tempo os Chatos Cientistas Descobriram como recriar artificialmente atraves de particulas sem massa, particulas com massa. Ou seja descobriram a Areia, cimento, pedra, bloco e todo material que Deus usou para construir o universo, agora do nada pode se criar o tudo, seriam eles Deuses de sua proprias criaçoes. Pera ai me desculpem mas existia algo antes a particula sem massa, Tudo bem Alguem á criou mas se no universo todas as particulas não tivesse massa, nao exestiriamos pois o atomo só fica em repouso se tiver massa, pense na massa como uma ancora que deixa o barco em um determinado lugar, agora imagina o atomo sem massa, ou o barco sem ancora... Ele fica aderiva com o atomo acontece o mesmo, só que um pouquinho mas veloz, tipo a velocidade da Luz. A mas nao tem problema o cientista nao conseguiu desvendar a velocidade da Luz, tudo bem né!!! Mas que é Rapida é né?
    Desculpe meu sarcasmo, creio que aqui seja um site religioso, mas quando abordam assuntos que contestam as crenças de outros, creio que estao abertos a ouvirem e lerem contestações a suas próprias. Cada um tem total liberdade para fazer o que quiser desde que respeite a si e ao outro. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Angelo,

      "quem criou Deus" não é considerado uma objeção séria pela maioria dos filósofos e teólogos que estudam o assunto profundamente. Você pode ler sobre isso aqui no blog ou em qualquer lugar.

      Além disso o Bóson de Higgs, ao contrário do que você disse, não possui nenhuma implicação positiva ou negativa na existência de Deus. Aliás, fatos observáveis geram interpretações científicas, e muitas vezes a mesma interpretação pode ser utilizada tanto quanto um argumento a favor quanto contra a existência de Deus. Mas nunca são provas definitivas. Isso decorre diretamente do fato de que Deus é um conceito metafísico, que está além da natureza, e por isso a ciência não tem escopo para estudá-lo.

      Abraços, Paz de Cristo.

      Excluir
    2. Existem algumas incoerências com seus comentários,e outros, são na verdade uma tentativa ateísta de definir religião como uma crença em Deus.
      Primeiro, muitos ateus mal informados definem religião como RELIGARE, ou ligar-se ao divino.Porém, essa alegção é completamente falsa e esdruxula.Basta uma simples olhada em textos escritos em latim, inclusive na própria vulgata de São jerônimo,para se perceber que quando se escreve religião, não é religare, mas sim RELIGIONE. Isso é na verdade estar ligado a qualquer forma de idéias, pois é a junção das palavras RELIGARE=ATAR-SE A ALGO + LEGIONE=GRUPO DE PESSOAS. Portanto, carece aos ateus um maior conhecimento no que diz respeito ao assunto RELIGIÃO, pois até o humanismo ateísta se definiu como um sistema RELIGIOSO,mesmo sem ter nenhuma crença no sobrenatural divino.


      Dizer que algo evoluiu porque simplismente precisou evoluir não é resposta, mas sim uma tentativa de se tapar as lacunas naturalistas.Uma sociedade puramente regida por processos aleatórios químicos não pode nem saber o que são conceitos morais, que dirá evoluir.Células não possuem moralidade, a natureza não possui moral. E se somos meros produtos da natureza, então como evoluir moralmente se a mesma nem ao menos fornece moralidade? Sua tentativa de anular a existência de Deus por supostas imoralidades "RELIGIOSAS", acabou que anulando o próprio naturalismo e materialismo filosófico.

      Sobre sangue derramado em nome de uma religião, gostaria de saber se vc já estudou sobre quanto sangue foi derramado em prol do ateísmo comunista, nazista e etc.
      os regimes ateístas mataram mais do que todos os séculos de inquisição e cruzadas,mas vc, pelo visto não deixou de ser ateu não é?Perdoe tbm meu sarcasmo, é que não dá pra debater fatos sem mostrá-los.

      Longe dos fatos estão as alegações ateístas de que Stallin era teísta, pois segundo os internautas ateus, ele tinha uma capelinha na sua humilde casa, como se isso fosse de fato uma prova da sua crença no sobrenatural.Além do mais, se isso fosse verdade, então pq o próprio Stallin infiltrava pessoas nas Igrejas com intuito de torná-la uma escória imunda para a sociedade?Pesquise mais sobre o assunto.

      Hitler era outro que os ateus insistem em dizer que era cristão, pq simplismente apregoava um discurso a um suposto deus. Se HItler era cristão por falar de Deus, então era ateu por aplicar a seleção natural de Darwin aos seus conceitos de uma raça superior, mas isso é outro assunto q a maioria dos ateus desconhecem, mas que Hitler faz questão de citar de maneira clara no seu livro. Outro fato que foge dos olhos ateistas é por quais escritos Hitler foi influenciado, e não foi a bíblia, mas foi do ateu Friederich Nietszche, que apregoava que o perdão e o amor era para os fracos, e isso caiu como uma luva para os idais de Hitler, mas nunca ví nenhum ateu dizer q Hitlet era ateu por apregoar seus ideiais aos conceitos ateístas.No mais, Hitler muitas vezes não se referia a nenhum Deus pessoas, mas sim ao destino, esse sim, era por ele muitas vezes chamado de seu Deus.

      Hitler proibiu as orações nas escolas,proibiu a venda de biblia na Alemanha, alegando que o seu livro é que deveria ser tomado como o único ensino de padrão moral. Hitler tbm disse que era impossível ser cristão e nazista, pois seria incoerência.Hitler chamava os cristãos de cães e seu Deus de tolo e fraco.

      Que belo cristão, não acha?

      No mais,como vc bem disse, os cientistas apenas recriaram artificialmente partículas de massas,e isso não é criar algo do nada. O problema com essa alegação é que, se a partícula com massa era pre existente, então não haveria vestigios do big bang, algo que não é verdade, pois com os resquicios da explosão no universo, algo q é indiscutivelmente observável, não havia nenhuma partícula antes da explosão, e menos ainda espaço para a presença de tal partícula,ou seja, os próprios cientistas colocam obstáculos que tornam suas teorias ainda mais controversas com os fatos, mesmo querendo anular uma causa sobrenatural para a origem de todo o universo, incluindo tempo e espaço.

      Excluir
  8. Só gostaria de deixar uma frase:

    Acreditar na teoria do big bang seria a mesma coisa que acreditar que se uma banana se chocasse com um abacaxi sairia uma laranja...fala sério!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fidel Bridi,

      tenho várias colocações a respeito da sua frase. Primeiro que quando se fala em uma teoria científica, como a do Big Bang, deve-se levar em mente que a palavra "acreditar" tem um sentido ligeiramente diferente do habitual. Uma teoria científica é a melhor explicação que se tem até o momento de um fato ou de um fenômeno, levando-se em conta apenas causas naturais e as evidências disponíveis. Por isso, "acreditar" na teoria do Big Bang não é algo tão ridículo assim como você falou, mas sim a postura racional definida pelo método científico.

      Ainda sim, acho que eu entendi o que você quis dizer. Foi uma coisa que você confundiu que aliás até muitos ateus confundem. Dizer que o Big Bang é a melhor explicação científica para o início do Universo não significa dizer que Deus não existe. Afinal, como eu disse a ciência só consegue lidar com causas naturais, por isso ela é limitada para entender Deus, que é sobrenatural. Assim, nenhuma teoria da ciência pode descartar a existência de Deus, seria como tentar usar uma bicicleta pra chegar até o outro lado da galáxia. Mas teorias científicas podem ser usadas como um incentivo ou descrédito para a existência de Deus, e se você pensar bem, o Big Bang é algo que mais confirma a existência de Deus do que desprova. Se houve um Big Bang, quer dizer que houve um instante inicial no Universo. Se houve um instante inicial, deve existir uma causa para o Universo ter começado a existir. E essa causa não pode estar dentro do Universo, porque ainda não existia Universo. Após pensar um pouco, podemos chegar a conclusão que essa causa é Deus (isso saindo do pensamento científico e caminhando pela filosofia).

      Abraços, Paz de Cristo.

      Excluir
  9. o Deus que os cristãos creem é atemporal, então ñ adianta ficarem querendo que eles provem que Deus existe pois é impossivel pelo metodo exigido. ''Ciência''

    so é possivel pela fé, que é a certeza de algo que ñ se pode ver nem tocar fisicamente.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...