segunda-feira, 26 de março de 2012

William Craig e a arte de debater



Olá, leitores. Na postagem desta semana, aproveitando o assunto do momento, que foi a recente vinda do filósofo e apologeta cristão William Lane Craig ao Brasil, trago uma compilação especial de respostas traduzidas do site reasonablefaith.org, que falam sobre a relação enter Craig e os debates profissionais. É um fato conhecido que a capacidade de debater dele é admirada inclusive por muitos ateus. Assim, as palavras dele ficam aqui para nossa inspiração.

Abraços, Paz de Cristo.

terça-feira, 20 de março de 2012

Download de postagens em PDF (mais um desenvolvimento)

Olá, leitores. Estou passando aqui só para dar mais uma atualização a respeito do desenvolvimento do blog. Resolvi retirar aquele conversor de postagens para formato .pdf que estava presente como um gadget na barra lateral da página. Nunca gostei muito daquele aplicativo, não deixava as postagens do jeito que eu queria. Vou voltar ao plano anterior e converter cada post manualmente, disponibilizando-os numa pasta do Google Docs.

Na aba "downloads", aqui no blog, vocês já podem conferir como está ficando. Deixei por enquanto só um arquivo-teste. Vocês podem dar feedback a qualquer momento, qualquer ajuda é bem-vinda.

Abraços, Paz de Cristo.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Impressões do Congresso de Teologia

Bem, pessoal, finalmente estou podendo compartilhar com vocês um pouco do que vivi no 8º Congresso de Teologia Vida Nova, que aconteceu nos dias 13 a 16 de março em Águas de Lindóia, São Paulo. 

Quem me conhece sabe que não sou um teólogo, na verdade eu sou um estudante universitário de Química que possui interesses em muitos outros assuntos, notadamente a teologia e a filosofia. E acho que o que me atraiu não foi a teologia em si no Congresso, mas sim o tema: Apologética contemporânea para um mundo de incertezas. É um tema muito atual e importante, e como temos visto, principalmente no meio cristão na internet, o surgimento de páginas e blogs que defendem a cosmovisão cristã através da razão, da lógica e da ciência. Isto é apologética. E eu mesmo estou incluído nesta lista, e tenho muito orgulho de participar deste movimento.

O principal palestrante do evento foi o filósofo cristão William Lane Craig, e todos o conhecem aqui no blog pois há vários artigos falando dele por aqui. Ele falou sobre temas como o absurdo da vida sem Deus, as evidências acerca do Jesus histórico e a incompatibilidade filosófica do neo-ateísmo. São sempre pontos centrais do seu discurso, defendidos em vários dos seus livros, alguns deles também são recomendados aqui.

Acho que aqueles que esperavam que eu compartilhasse algum material ministrado no congresso ficarão desapontados, por que não tenho nada pra postar. Só queria compartilhar com vocês a experiência, foi algo que me marcou muito e me deu mais uma força para continuar escrevendo... ainda tem bastante material para ser escrito aqui!

Pra terminar, só compartilho umas fotos minhas, a primeira com o próprio Craig e a segunda com o arqueólogo Rodrigo Silva:



Abraços, Paz de Cristo e até a próxima!

Novo esquema de cores do blog

Olá, leitores.

Como já tinha anunciado na página do facebook (lá as notícias acabam chegando mais rápido), e obviamente vocês também já notaram, eu mudei o esquema de cores de toda a página. Bem, acho que agora o visual está bem mais leve e menos sombrio. Mas por favor, como sempre faço, peço a opinião de vocês para que possa deixar o mais confortável e aconchegante possível para vocês. Afinal, vocês são os leitores.

Abraços, Paz de Cristo.

sexta-feira, 16 de março de 2012

A ordem do Universo prova a existência de Deus?



Este texto é um artigo de revista de filosofia Dicta & Contradicta, onde o autor discorre sobre a ordem do universo e a existência de Deus. É raro eu achar algum artigo assim em que eu concorde 100% com a ideia do autor. Aproveitem a leitura.


Abraços, Paz de Cristo.

segunda-feira, 12 de março de 2012

Mais uma sobre evolução: 15 questões aos evolucionstas

Lá vou eu de novo, postar mais um texto sobre evolução. Mas, antes que venham as pedradas, farei como sempre um breve aviso antes do texto principal. Eu não sou combatente de evolucionismo, nem muito menos sou defensor de um criacionismo interpretando o Gênesis literalmente (criação de 7 dias, etc.). Quem já leu meus textos anteriores sabe a minha opinião sobre o assunto. Portanto, o texto a seguir não é para atacar ninguém, apenas para fazer alguns questionamentos que eu não vejo serem respondidos pela teoria atual da origem e desenvolvimento da vida. Deveria haver um questionamento mais crítico a respeito disso, assim como muitos cientistas fizeram ao assinar o Dissent from Darwin. Ainda assim, eu ainda creio que há a possibilidade de algumas destas perguntas serem respondidas se a evolução tiver sido guiada por Criador inteligente.

Abraços, Paz de Cristo.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Reflexão sobre a felicidade humana [William Craig]


O propósito principal da vida não é a felicidade, mas o conhecimento de Deus!

Primeiramente, o propósito principal da vida não é a felicidade, mas o conhecimento de Deus. A razão pela qual o problema do mal parece tão intratável é que as pessoas tendem naturalmente a presumir que, se Deus existe, então seu propósito para a vida humana é a felicidade neste mundo. 

O papel de Deus é fornecer um ambiente confortável para seus bichinhos de estimação humanos. Contudo, isso é falso na visão cristã. Não somos bichinhos de estimação de Deus, e o objetivo da vida humana não é a felicidade per se, mas o conhecimento de Deus - , que, no final, trará a verdadeira e duradoura satisfação humana. 

Muitos males ocorrem na vida que podem parecer totalmente sem sentido com respeito ao objetivo de produzir a felicidade humana; mas eles têm sentido ao produzir um conhecimento mais profundo de Deus. O sofrimento de humanos inocentes nos dá ocasião para a confiança mais profunda e dependência de Deus, tanto por parte do sofredor quanto dos que estão a seu redor. Naturalmente, se o propósito de Deus é alcançado por meio de nossos sofrimentos dependerá de nossa resposta. Responderemos com ira e amargura para com Deus ou nos voltaremos para ele com fé em busca de força para suportar?

Texto extraído: Filosofia e Cosmovisão Cristã
J. P. Moreland & William Lane Craig - Vida Nova, pg. 661

sexta-feira, 2 de março de 2012

Ensaios de C. S. Lewis: Parte Final

C. S. Lewis
1898-1963
Professor, filósofo, escritor, poeta.


Chegamos ao final da grandiosa série de postagens "Ensaios de C. S. Lewis". Este, que está entre os maiores apologistas e filósofos cristãos do século XX, o qual admiro muito, escreveu os trechos que publiquei aqui ao longo destas nove postagens, dez contando com a presente.

Bem, os assuntos discutidos antes são pré-requisitos essenciais ao se falar do sofrimento humano, da existência do mal no mundo, confrontada com a realidade da existência de um Deus amoroso e onipotente. O que caberia agora seria expor a apologia de Lewis ao tema central do livro. Provavelmente era isso que vocês esperavam. Entretanto, não farei isso. Já publiquei uma grande parte do livro dele aqui, se fosse expor a parte principal do livro estaria poupando a vocês o trabalho de ler essa maravilhosa obra literária, que aliás não é tão extensa. Por isso, agora, na última parte desta jornada, recomendo a vocês que leiam o livro de C. S. Lewis, para descobrir o que mais é argumentado por ele a respeito deste assunto tão instigante, que é o Problema do Mal. 

Tenho certeza que a leitura deste livro abrirá o interesse dos leitores a ler mais sobre o assunto, e há outros grandes livros de outros grandes autores, sobre este assunto e muitos outros que envolvem Deus a nível filosófico, há muitos que recomendo aqui.

Abraços, Paz de Cristo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...