sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Em Defesa de Cristo, por Lee Strobel [Livro e Filme]


O jornalista Lee Strobel, que considerava-se ateu, investigou as evidências de Jesus a partir de fatos que pudessem provar a veracidade do cristianismo, ou desmascará-lo. Preparado para saber o que ele descobriu e o que as provas indicam? Então acompanhe ao documentário no vídeo abaixo (que também está disponível em forma de livro).

O documentário resume a pesquisa de Lee sobre as seguintes abordagens:

1 - AS FONTES:
  • Pode-se confiar nas biografias de Jesus?
  • As biografias de Jesus resistem à investigação minuciosa?
  • As biografias de Jesus foram preservadas de modo confiável?
  • Existem evidências confiáveis a favor de Jesus além de suas biografias?
  • A arqueologia confirma ou contradiz as biografias de Jesus?

2 - JESUS
  • Jesus estava realmente convicto de que era o Filho de Deus?
  • Jesus estava louco quando afirmou ser o Filho de Deus?
  • Jesus apresentou os atributos de Deus?
  • Jesus — e só ele — enquadra-se no perfil do Messias?

3 - A RESSURREIÇÃO
  • A morte de Jesus foi uma fraude e sua ressurreição, um logro?
  • O corpo de Jesus realmente desapareceu do túmulo?
  • Jesus foi visto vivo depois de sua morte na cruz?
  • Existem fatos secundários que apontam para a ressurreição?

"Esta investigação acabou tomando mais de dois anos da minha vida. De certa forma foi a história mais estimulante que eu já pesquisei como jornalista" Lee Strobel


Abraços, Paz de Cristo.

6 comentários :

  1. É novo esse livro? Estranho, o vídeo não traz nada, nada de novo!

    O velho Josefo e cia, o já repetitivo Craig...

    Esperava um defensor mais à altura do desafio de defender o Cristo histórico, ao menos com argumentos novos!

    Por outro lado, essa busca pelo Cristo histórico pode, no futuro, trazer problemas sérios para a teologia cristã. Vejam o que ocorre hoje com Adão e Eva e o Paraíso: depois que Paulo considerou histórico o Adão (Rm 5), a teologia ainda não sabe como retirar Adão da história, para compatibilizá-lo, através da alegorização, com a evolução.

    Talvez fosse melhor não comprovar historicamente a ressureição, deixando uma brecha para a teologia usar, caso precise no futuro alegorizar a ressureição, tal como tenta fazer hoje com a desobediência de Adão mas não consegue sem contrariar o Paulo.

    Infelizmente, para a teologia cristã, não há como deletar o Velho Testamento: Cristo depende de Adão! Paulo assim o quiz...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo,

      Por que Adão seria alegoria? É óbvio que deveria haver um casal inicial pro inicio da humanidade. Pelo tempo que viveram, estudos indicam que Adão e Eva tiveram uns 60 ou 70 filhos cfe. Gn 5:4.
      É narrado acontecimentos importantes da vida deles e seus filhos, sendo isso histórico, portanto real. Tens provas que Gênesis é mito? Outros textos no Antigo T e Jesus e os apóstolos citaram Adão e Eva; ou eles também são mitos?

      Pelo contrário; além da Bíblia há também registros históricos e arqueológicos. Temos a descoberta das tábuas de Ebla-atual Síria datadas em torno de 2300 AC. O povo de Ebla acreditava na criação a partir do nada. Ali contém nomes das cidades de Ur, Sodoma, Gomorra e deuses pagãos citados na Bíblia como baal, além de nomes como ADÃO, EVA e NOÉ e antecede o registro babilônico em 600 anos.

      A evolução é um mito já esfarelado por grandes cientistas.
      “O neodarwinismo está morto”
      Eric Davidson – geneticista – autor de livro didático: California Institute of Technology-2000.

      “A evolução acabou de receber o seu golpe mortal. Após ler o livro Origins of Life [Origem da Vida] com a minha formação em química e física, é claro que a evolução [biológica] não poderia ter ocorrido”.
      Richard Smalley, Ph.D., prêmio Nobel em Química de 1996.

      Excluir
    2. "Esperava um defensor mais à altura do desafio de defender o Cristo histórico, ao menos com argumentos novos!"

      Que eu saiba a antiguidade de um argumento não o torna menos válido!

      Excluir
  2. Cristo não pode existir por conta própria...ele depende de quem acredita nele, deus só existe pq há quem alimente a ideia da existência do mesmo... assim que se morre deus morre junto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu texto já prova a existência Dele!
      A própria idéia de Deus não seria possível se Ele não existisse para infundi-la em nós, mas podemos negá-lo ou aceitá-lo (é a livre-escolha que Ele nos deu), além de todos os atributos cognitivos, pensamentos, ideias etc - exclusivo nos humanos - se a evolução fosse um fato por que outros animais não teriam tais atributos?
      Lembrando que meras reações químicas/físicas de elementos químicos (matéria) no cérebro (conexões) seriam ilógicas, impessoais, amorais, irracionais, aleatórias e inanimadas no cérebro.

      Excluir
    2. Eliezer, seria ótimo se as pessoas justificassem seus comentários:
      "Cristo não pode existir por conta própria..." -> Por que não? Justifique. Dê argumentos.
      "ele depende de quem acredita nele" -> Por que?
      "deus só existe pq há quem alimente a ideia da existência do mesmo" -> Prove que se ninguém pensar nele, ele deixaria de existir.
      "assim que se morre deus morre junto..." Como você sabe?

      Recomendo você ver o documentário e pesquisar sobre o assunto ao invés de ter conclusões precipitadas.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...