quarta-feira, 14 de junho de 2017

[Resposta a leitor] E se Deus na verdade for o diabo?

Olá leitores. Trago hoje a vocês a resposta à pergunta do leitor Samuel Brandão.
Resultado de imagem para satan

Pergunta:

Olá, boa noite, amigo. Vi em um blog sobre "como saber se a biblia nao foi escrita pelo diabo?" e nisso, veio em minha mente: "e se na verdade o diabo for deus?"


Respostas ao Ateísmo:

Olá, Samuel.

Sua pergunta parece muito interessante. Mas penso que, se a gente analisar bem, ela não faz muito sentido. 

Veja bem: considerando o que sabemos pela fé cristã, Deus é o Ser Eterno, Auto-suficiente, e Todo-Poderoso. O diabo é apenas uma de suas criaturas, que nunca jamais poderia se igualar a Deus em poder ou glória. Então Deus e o diabo são pessoas bem distintas. É claro que o diabo poderia se passar por deus e enganar algumas pessoas, criando um culto de idolatria. Mas Deus providenciou meios para que as pessoas o conhecessem como o verdadeiro Deus: a própria consciência moral humana, que aponta para um bem absoluto; a ordem e perfeição da natureza, que aponta para um Criador perfeito; e a pessoa de Jesus Cristo, que junto com a Bíblia compõem a revelação especial de Deus para a humanidade. É claro que podemos ver defeitos na consciência moral de algumas pessoas, assim como vemos coisas como as doenças na natureza e vemos pessoas distorcendo a Bíblia para obter ganhos próprios. Esses são justamente exemplos de ações do diabo para perverter a perfeita obra divina, mas a existência da exceção apenas confirma a regra, e não o contrário.

Nós, cristãos, não acreditamos no maniqueísmo (isto é, a crença de que há dois deuses iguais em poder mas com polaridades opostas). Há apenas um Deus que é Senhor de tudo, e todo o resto são criaturas subordinadas a Ele. Mesmo o diabo, que aparentemente é um ser rebelde e que luta contra Deus, só continua existindo porque Deus assim o permite, então deve haver algum propósito divino para a sua existência. O livro de Jó (1:6-12) mostra claramente um dos propósitos do diabo: testar a fidelidade dos justos. Na história de Jó ele é descrito como um mero subordinado de Deus, e ele só faz aquilo que Deus autoriza ele a fazer. No Novo Testamento, o diabo e os demônios são descritos como inimigos dos cristãos, pois eles estão a todo tempo nos provocando a pecar contra Deus, testando a nossa fé. Enquanto a nossa luta continuar, ele estará aqui, mas a Bíblia também revela que, no fim dos tempos, o diabo terá o fim que merece (Ap 20.10). 

Creio que, portanto, não há como confundir o Deus como ser Criador e Absoluto com o diabo, uma mera criatura e que possui um propósito específico. Ainda assim, acho que sua pergunta ficaria ainda mais interessante se a reformulássemos: e se Deus, o Ser Eterno, Criador e Absoluto, fosse mau?

Aí temos um cenário mais interessante para ser imaginado. Mas note que se o caráter de Deus fosse o Mal Absoluto, então na verdade esse mal seria o "bem" e o que consideramos hoje "bem" seria o mal. Porque o Bem é definido como aquilo que corresponde ao caráter de Deus. E aí, teríamos duas opções: ou (1) o "Deus mau" criaria os humanos de acordo com a sua natureza (Má); ou (2) ele criaria os humanos tendo o contrário da sua natureza. No caso (1), simplesmente não teríamos como perceber que Deus é mau, porque nós teríamos a mesma natureza dele, e para nós o mundo pareceria de acordo como deveria ser. No caso (2), certamente perceberíamos, pois o mundo seria mal e nós seríamos bons, estaríamos a todo mundo percebendo um conflito que existe entre nós e a essência da natureza, que algo está muito errado. Mas não é isso que acontece. Como eu já disse, nós somos capazes de perceber a consciência moral em nós e a ordem e perfeição da natureza a nível essencial, mesmo que encontremos eventualmente falhas superficiais.

Nós identificamos nesse mundo a criação, a ordem, a perfeição, a injustiça e o amor como elementos constitutivos dele. Esses são todos valores que pertencem ao Bem. Se Deus fosse mau, os valores que encontraríamos na essência dele seriam destruição, caos, incompletude, injustiça e ódio. Talvez o mundo nem chegasse a ser criado, afinal um Ser mau tem mais prazer em destruir do que em construir. Um mundo governado pela maldade não pode subsistir por muito tempo.
 
Abraços, Paz de Cristo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...