Livros



Nessa página eu estou divulgando uma relação de verdadeiros tesouros. São livros que falam sobre assuntos afins ao meu blog, que servem tanto como referências, como leituras alternativas. Já li alguns, e ainda pretendo ler todos (se tiver tempo)! Uns são específicos para o apologeta cristão, que como eu procura bases racionais para a sua fé e respostas a questões difíceis, e outros são boas leituras para os ateus ou agnósticos também (inclusive alguns são escritos por ateus ou ex-ateus).

À medida que tiver tempo, escreverei artigos sobre cada livro, e os links redirecionarão para as respectivas páginas. Enquanto alguns artigos não estiverem prontos, os links redirecionam para livrarias virtuais aleatórias, para quem estiver interessado em adquiri-los.

Abraços, Paz de Cristo :)

1. Livros que já li (recomendados a todos):

Como tudo começou - uma Introdução ao Criacionismo Adauto Lourenço
(Antes de me acusar de "criacionista literal", o que eu não sou, clique no link e leia a minha resenha deste livro)

A Alma da Ciência Nancy Pearcey

A Linguagem de Deus Francis Collins

O problema do sofrimento C. S. Lewis

Apologética contemporânea: A Veracidade da Fé Cristã Willian Lane Craig

A Fé na era do ceticismo Timothy Keller

Em guarda: defenda a sua fé com razão e precisão William Lane Craig

O Delírio de Dawkins Allister McGrath

O Deus de Dawkins Allister McGrath

O Jesus dos Evangelhos: Mito ou Realidade? Um debate entre Willian Lane Craig e Dominic Croissan

Deus, Liberdade e o Mal - Alvin Plantinga

2. Livros escritos por ateus ou ex-ateus, recomendados a todos:

The Rage Against God - How atheism led me to faith Peter Hitchens (sem tradução para o português, escrito pelo irmão do falecido ateu Christopher Hitchens).

Seeking God in Science: An Atheist Defends the Inteligent Design  Bradley Monton (sem tradução para o português)

Deus: A Evidência Patrick Glynn

3. Livros que ainda não li, recomendados para apologetas

Em Defesa de Cristo Lee Strobel

 Manual de Defesa da Fé - Apologética Cristã Peter Kreeft e Ronald K. Tacelli

Razão para Crer -R. C. Sproul (não encontrei links para comprar)


Defendendo sua Fé R. C. Sproul

Apologética Cristã no Século XXI Allister McGrath

Em busca de uma fé que faz sentido Brian McLaren

Em busca de uma fé que é real Brian McLaren

4. Livros que ainda não li, recomendados para ateus

Signature in The Cell Stephen C. Meyer (sem tradução para o português)

Os Evangelhos Perdidos Darrell L. Block

Não Tenho Fé Suficiente Para Ser Ateu Norman Geissler & Frank Turek

Filosofia e Cosmovisão Cristã William  Lane Craig

Um cientista lê a Bíblia John Polkinghorne

Cosmos, Bios, Theos: Scientists Reflect on Science, God, and the Origins of the Universe, Life, and Homo Sapiens Henry Margenau & Roy A. Varghese, editores (sem tradução para o português)

The Wonder of the World: A Journey from Modern Science to the Mind of God Roy A. Varghese (sem tradução para o português)

29 comentários :

  1. Ainda não li, mas dizem que Mário Ferreira dos Santos é o terceiro maior filósofo da História da Filosofia (e é brasileiro). Uma de sua contribuições originais foi criar a Decadialética (a dialética em dez passos), que possibilita a alavancada de um argumento simples, qualquer que seja até as verdades apodíticas (ou seja, irrefutáveis). Mário chegou a provar que o argumento de Santo Anselmo estava correto, refutando todos os outros argumentos contra ele. É uma pessoa importante a ler, talvez mais importante que todos os outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho os ebooks dele. Ainda não consegui me aprofundar na leitura porque estou me familiarizando mais com o linguajar filosófico que no caso dele é pesadíssimo. Mas sem dúvida ele foi o maior filósofo Brasileiro e um dos maiores da história, como sempre pouco valorizado por essas bandas de cá. Mais um forte motivo para dizer que ele é indispensável.

      Excluir
    2. Se você puder me enviar os livros do Mario eu agradeceria. Me mande um e-mail para eu saber quais você tem.
      Desde já agradeço.
      E-mail: marcusrenato@live.com

      Excluir
  2. Olá, achei muito interessante seu blog e também desta seção 'Livros'.
    Gostaria de recomendar um Livro tanto para Ateus como para Teístas em geral, enfim, recomendo a todos!
    Deus não é grande: Como a religião envenena tudo - CHRISTOPHER HITCHENS.
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=2223712
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Revelando as Religiões
    As religiões são apenas superstições mais elaboradas. Mais elaboradas porque ao longo de sua formação seus criadores foram incorporando seus rituais, suas narrativas, primeiro orais, depois escritas, forjaram seus livros, sua doutrina, teologia, sua literatura, etc. As crenças foram perpetuadas através da doutrinação, repetição, usos, costumes e tradições.
    Os livros sagrados de todos os credos são coleções de fábulas, mitologias, lendas e fragmentos de culturas antigas. A prova de que esses livros são mitologias está em seu próprio conteúdo fabulesco. Eram narrativas sujeitas àquela regra: quem conta um conto lhe acrescenta um ponto. Mais as supressões, adições, reinterpretações e recriações que esses textos foram recebendo. Não houve nenhuma revelação.
    O Deus é um ser da mesma natureza dos deuses, semideuses, divindades, fetiches, xamãs, toténs, etc, etc, e todos são criações humanas. Todos os salvadores, messias, profetas e pregadores são os precursores dos atuais 0exploradores de nossa credulidade. Ainda assim, afastar de nossas mentes o Deus herdado desde o colo da mãe é uma tarefa impossível para muitos. Assis Utsch

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já leste os evangelhos da Bíblia? Dizer que são fábulas é ostentar certificado de analfabetismo em História.

      Excluir
  4. LEITURA IMPERDÍVEL:

    História Criminal do Cristianismo (10 volumes- 9 publicados) - Karlheinz Deschner (Livros que a Igreja Católica tentou de todas as formas impedir a publicação, processando o autor e SENDO DERROTADA POR ELE NOS TRIBUNAIS).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela sugestão, Anônimo. Vale lembrar o objetivo do blog é falar sobre a existência de Deus, por isso mostrar erros históricos do cristianismo não tem nada a ver com isso. Deus pode existir independente de o cristianismo estar certo ou errado. Aliás, o cristianismo pode ser uma religião verdadeira independente de pessoas no passado (e no presente) o utilizarem para fins próprios e ruins.

      Excluir
  5. sugiro um excelente, principalmente para os ateus.

    Um ateu garante,Deus existe-Antony Flew

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já li esse não me convenceu - Assim falou um ateu

      Excluir
  6. Será mesmo que Mário Ferreira dos Santos (Charles Duclos) era religioso? No seu livro Teses da Existência e Inexistência de Deus, ele faz, dentre muitas outras, afirmações como:
    - a idéia de um ser superior, inteligente e todo-poderoso é inteiramente descabida e desnecessária dentro dos marcos científicos; (p.87)

    - os homens primitivos, partindo dos sonhos [que supunham ser sua alma], elaboraram os elementos que mais tarde serviram para a criação de um Deus único (p.88) – o monoteísmo – que foi precedido pelo politeísmo, fetichismo, etc;
    - na concepção de nossos antepassados Deus possui cabeça, tronco, membros, etc, o que evidencia sua criação pelos homens; (p.88)
    - a persistência da idéia de Deus decorre do fato de ter sido Ele introjetado na mente das crianças; (p.90)
    - a fé é o único argumento para a existência de Deus; (p.95)
    - se Deus existe e criou o Universo, que fazia Ele antes da Criação? Nada! Um Deus inútil, estático, absolutamente só no Universo, um dia resolve criar o mundo!? Ora, a idéia de um Deus inativo, como a de um Criador voluntarioso são igualmente absurdas; (p.06)
    - e que razões teria Deus para criar o Universo? Nenhuma! E por que criou Ele todos os males? Por que Ele não nos fez todos felizes? (p.98/99)
    - por que um mundo de horrores seria compensado depois com um paraíso, um lugar cuja felicidade consiste numa inútil admiração e veneração a Deus? (p.101) Tudo isso é produto da infância tenebrosa da humanidade;
    - Deus poderia ter-nos dado a felicidade eterna; preferiu entretanto não fazê-lo; (p.108)
    - todos os atributos que os religiosos conferem a Deus como uma qualidade intrínseca ao Criador, não passam de conceitos forjados pelo homem; (p.113/115)
    - nas religiões a virtude está em não questionar, não entender, mas apenas seguir suas pregações; (p.114)
    - há uma insuperável contradição nesse Ser, quando se Lhe atribuem ao mesmo tempo uma qualidade imaterial e humana; (p.116)
    Assis Utsch (autor de O Garoto Que Queria Ser Deus)

    ResponderExcluir
  7. Como assim "Como tudo começou - uma Introdução ao Criacionismo" pensei que esse site fosse de cristão inteligente tô vendo que mais de pseudointelectual fanático criacionista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João Victor, eu não sou fanático e nem sou criacionista literal. Meça suas palavras antes de proferi-las. Eu coloquei esse livro aí porque achei interessante, não porque concordo absolutamente com ele. É que ao contrário de você (aparentemente), eu não tenho preconceitos ao escolher minhas leituras.

      Se você quiser saber a minha opinião completa sobre este livro, eu publiquei uma resenha aqui:
      http://www.respostasaoateismo.com/2011/05/como-tudo-comecou-uma-introducao-ao.html

      Abraços, Paz de Cristo.

      Excluir
    2. É hora de você ler:
      1. DARWIN NO BANCO DOS RÉUS, de Phillip Johnson;
      2. EXAMINE AS EVIDÊNCIAS, de Ralfh Muncaster;
      3. NÃO TENHO FÉ SUFICIENTE PARA SER ATEU, de Norman Geisler;
      4. FUNDAMENTOS INABALÁVEIS, idem.
      A subcultura marxista é extremamente danosa.

      Excluir
  8. Acrescento dois bons livros com mesmo título:
    A morte da razão de Ravi Zacharias
    A morte da razão de Schaeffer

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No quesito religião a humanidade é dividida em 2 grupos, e que seriam:

      a-Uma MULTIDÃO de indivíduos místicos, incautos, alienados, resignados, sofridos, incapaz de controlar os seus instintos, incapaz de controlar o seu medo, incapaz de controlar os seus desejos, incapaz de se libertar das crendices religio$as, que se refugiam na espiritualidade, ou que para ser feliz só necessita de duas coisas, ter fé e ser crédulo...

      b-E alguns POUCOS cidadãos excepcionalmente super inteligentes, que seriam o Universo tentando compreender, e controlar a si mesmo.
      Pois na Mente coletiva dos humanos mais racionais haveria uma insaciável curiosidade, e um mecanismo que programaria os Escóis para a missão de querer entender como as coisas funcionam, e até mesmo querer colonizar outros planetas.

      Numa jornada sem fim, em busca de outros mundos e outros conhecimentos, “Audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve”.
      Exatamente como os “bandeirantes” fizeram no passado da Terra, adivinhando que um dia a super povoada “Nave mãe” poderá ser atacada por meteoros, esfriar, ficar insuportavelmente quente, ou voltar a ser uma Pangeia.

      Excluir
  10. Qual o melhor livro para dar para um racional-cetico que acredita em Deus, mas nao em cristo e esta a procura da verdade. Atualmente o professor universitario dele esta tentando arrasta-lo para Sheicho no ie, com a historia de energia positiva, bons pensamentos, vc controla seu mundo....

    ResponderExcluir
  11. A lista é excelente, mas eu gostaria de fazer deixar duas observações:

    Primeiro, o livro de Norman Geisler e Frank Turek, apesar de se chamar "Não Tenho Fé Suficiente para Ser Ateu" estaria mais bem colocado na sua terceira lista. (Não que ele também não seja indicado para ateus)

    Segundo, eu acho que você enriquecer ainda mais a sua lista se incluísse um livro de Apologética Bíblica. Eu recomendo o livro "Manual de Dificuldades Bíblicas; Norman Geisler e Thomas Howe". É um livro que eu tenho e que me ajudou muito, fortaleceu a minha fé e me possibilitou fazer uma boa defesa da Palavra de Deus.

    São duas observações que, em minha opinião, contribuiriam com a sua lista. Mas, se você achar que não está certo, não precisa fazer nada.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Leiam "EM DEFESA DE CRISTO"(Lee strobel)
    Excelente livro investigativo da historicidade e veracidade do cristianismo.

    ResponderExcluir
  13. Leiam "CRIACIONISMO VERDADE OU MITO" (Ken Ham)

    ResponderExcluir
  14. Leiam "DARWIN NO BANCO DOS RÉUS" (Phillip E.Jhonson)

    ResponderExcluir
  15. Leiam "DARWIN NO BANCO DOS RÉUS" (Phillip E.Jhonson)

    ResponderExcluir
  16. Leiam "CRIACIONISMO VERDADE OU MITO" (Ken Ham)

    ResponderExcluir
  17. Leiam "EM DEFESA DE CRISTO"(Lee strobel)
    Excelente livro investigativo da historicidade e veracidade do cristianismo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...